Feliz Natal!!!

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Aconteceu comigo Parte II


Foto da Internet


Continuando a narrar o que me aconteceu esse ano. Procurei outro médico, esse já era o 3°, contei toda a história desde o início, eu estava com o andar muito complicado, andava me apoiando nas coisas e estava com leve tontura. Ele passou exames de sangue, e disse que era provável que eu estivesse com depressão, me receitou um remédio de tarja preta e um outro para eu dormir. Quando cheguei em casa li a bula dos remédios e resolvi não tomá-los, eu não me sentia nem um pouco com sintomas de depressão, nem tão pouco com dificuldade para dormir. Nesse período fiz muitas buscas na internet procurando uma luz. Eu não fazia ideia do que que eu tinha, mas uma coisa eu tinha certeza, não era depressão, não tomei os remédios e a dormência ou falta de sensibilidade só aumentava, eu não sentia mais sensibilidade quando eu ia defecar ou urinar, quando eu estava no banho parecia que eu estava pegando em um outro corpo que não era o meu. O lado direito estava todo sem sensibilidade, embora não tivesse afetado em meus movimentos, pois eu mexia normalmente a perna, o braço mão e pé, meus reflexos estavam normais, minha sensibilidade não, somente o lado direito. O esquerdo somente meu pé continuava sem sensibilidade. Eu também não sentia dor alguma, nem no corpo nem na cabeça. Sem dores, sem febre, sem gripe, nada além da grande falta de sensibilidade.

Nesse período tentei não me desesperar, tentei manter meu pensamento positivo, e lutava com todas as forças para não ser afetada por nem um sentimento de desânimo ou tristeza, me mantive forte como nunca, agradeço a Deus essa força que Ele me deu e continua me dando. As dúvidas eram muitas tive a oportunidade de vivenciar minha fé, creio que tudo que nos acontece é permissão do Pai, e que nada acontece em nossa vida por acaso, se eu estou passando por isso e porque é o melhor para mim nesse momento, e só me basta encarar da melhor forma possível. Há coisas na vida em que se debater é pior, lutar contra a maré em alguns casos é perca de tempo, há coisas que podemos modificar e outras que só podemos modificar a forma como as encaramos, e nesse caso de doenças temos que fazer de tudo para melhorarmos, mas não adianta nos revoltarmos com algo que vai seguir o seu curso independente da nossa vontade, só podemos escolher como queremos passar por essa fase, se revoltados, angustiados e tristes, ou com otimismo e pensamentos revigorantes. A segunda opção me parece a mais feliz, e foi a que escolhi.

No dia 24 de julho, busquei o 4° medico, uma neurologista, até aqui todos que tive contato me diziam que era coisa da minha cabeça, que era preocupação, ou que eu estava impressionada com algo, todos acreditavam que era mental e não físico, e por mais que eu tentasse ser otimista, não estava melhorando só piorando. Essa médica depois que lhe contei toda a história ela passou uma ressonância com urgência e mais exames de sangue, só consegui entregar os exames com uma semana.

No dia 31 de julho quando retornei para essa mesma médica e ela viu o resultado da ressonância, me deixou logo internada, ela disse que eu estava com uma inflamação na medula, e precisava fazer um tratamento com corticoide, por 5 dias fiz pulso terapia. Fiz também exames de pulsão e mais exames de sangue. Esse período que fiquei internada foi um misto de alegria e saudades, alegria por finalmente tá tendo uma resposta para o que eu estava sentindo, saudades de meus filhos, nunca tinha passado nem uma noite longe deles, a saudades era de matar, só Deus me ajudou nesse momento, lutei com todas as forças para me manter otimista e feliz, sei que quando levamos a vida com alegrias ela se torna mais leve, e foi isso que fiz.

Conversando comigo a médica me disse que aquela inflamação na medula explicava a dormência no corpo do lado direito, somente isso, que a dormência em meu braço direito ela teria que descobrir o que estava causando, e me passou mais 2 ressonâncias; cervical e no crânio, e mais exames de sangue. O resultado da pulsão saiu e graças a Deus deu tudo normal, agora era só aguardar fazer as outras duas ressonâncias e ver o resultado. No quarto dia de internação fiz as duas ressonâncias e no quinto dia recebi alta, para retornar ao hospital somente com 15 dias.

A volta para casa depois de cincos longos dias, que saudades eu estava de meus filhos, minha família, minha casa, lar doce lar, meu Deus, a família estava toda reunida me esperando foi um contentamento sem medida. São nessas horas que mais valorizamos o que temos, que mais damos importância ao que realmente tem importância, passei a olhar tudo com um olhar bem diferente de gratidão por tudo que Deus tem me dado na vida. Minha família meu tesouro aqui na terra. E incrível como uma semana longe dos filhos parece uma eternidade sem fim, revê-los foi incrível, foi mágico, abracei eles várias vezes até me convencer que eu estava mesmo ali com eles. Por muitas vezes no hospital passou por minha cabeça que eu não teria mais a minha vida de volta e eu tentava não alimentar esse pensamento, tentava pensar positivo, mais ele sempre insistia em voltar.

Chegou o dia de mostrar o resultado das duas ressonâncias, cervical e do crânio, para médica, foi no dia 21 de agosto, nesse dia fiquei sabendo que eu estava com um tipo de mielite, deu mais uma inflamação na medula que era responsável pela falta de sensibilidade no meu braço e mão direita, graças a Deus a ressonância do crânio deu tudo normal. Agora sabendo o que tenho fico bem mais aliviada, a médica passou um tratamento que é uma vez por mês, tomarei a medicação em uma clínica, esse tratamento é por tempo indeterminado a depender de como o meu organismo responder, vou ficar fazendo exames de 3 e 3 meses para saber como estou. Sei pouco sobre essa doença até porque só vim ter conhecimento sobre ela quando descobri que eu a tinha. O que sei é que tem tratamento e é o que estou fazendo.


Bom é isso, essa foi minha trajetória esse ano. Como falei no início do texto, resolvi escrever para de alguma forma poder ajudar outras pessoas que possam estar passando ou ter passado, por algo parecido. Sei que cada organismo é único, cada pessoa sente de forma diferente as coisas, mais também sei que alguns sintomas são iguais para nós todos. A lição que tiro do que vivi é que não devemos guardar doenças, por mais besta que possa parecer. Também não devemos desistir no primeiro diagnóstico se sentimos que não está certo. 


Agradeço a Deus a força que Ele tem me dado. Tenho esperança de  continuar firme e forte. Tenho fé que tudo passará. Que o Pai continue me dando forças e coragem para prosseguir minha caminhada. Agradeço o carinho e as orações de todos.

AnnaLirios  





❤Abraços ❤
❤Paz e Luz!!!✿
✿Anna Lírios✿

  

6 comentários:

  1. Puxa, que maratona de médicos. Mas que bom que finalmente apareceu a causa e a verdadeira doença e só assim,ela pode ser tratada! Que bom! Agora é tratar e ficar bem! Melhoras completas é o que desejo! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Chica!!!
      Muito me alegram suas palavras.
      Obrigada pelo carinho.
      Um abraço!!!
      Paz e Luz!!!

      Excluir
  2. A vida é assim,amiga Anna. Também vivo em médicos,eu e meu marido. Mas nunca devemos perder as esperança e continuar buscando mesmo,com fé.

    Graças a Deus achou a resposta.Agora é seguir a vida com alegria,porque ela é um presente de Deus!

    Beijos sabor carinho e uma terça_feira de paz

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Donetzka!!!
      Muito obrigada por seu carinho e suas palavras.
      Verdade, a vida é um presente de Deus.
      Um abraço!!!
      Paz e Luz!!!

      Excluir
  3. Você já é uma vencedora por encarar de frente o seu problema e se tratar. Deus está com você. Saúde e tempos felizes é o que lhe desejo.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Célia!!!
      Muito obrigada pelo carinho e os bons pensamentos emitidos a mim.
      Que Deus também esteja com você, lhe desejo tudo de bom.
      Um abraço!!!
      Paz e Luz!!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AnnaLírios

Obrigada por sua visita!!! Volte sempre!!! ❤ Um Abraço ❤ Paz e Luz!!!

Visualizações